17.12.05

A cirurgia.

Foi realizada em 06/10/05 e teve uma duração aproximada de cinco horas. Incluir foto. A incisão feita tinha um formato similar ao de um ponto de interrogação invertido, media cerca de quarenta centímetros e foi fechada com 34 pontos cirúrgicos. Para ter acesso ao cérebro a porção da caixa craniana que foi aberta a era do formato e tamanho similares ao de um CD de música. O cirurgião conseguiu extirpar todo o tumor visível. Uma curiosidade é o fato de que o cirurgião trabalha olhando a lesão através de um microscópio, por que as estruturas que ele deve cortar ou cauterizar são tão minúsculas e a precisão necessária é muito grande.

O aspecto do Tumor
Eu vi o material retirado e posso descrever como sendo uma massa acinzentada, de formato aproximadamente esférico e com um diâmetro de uns 4 cm. Para se ter uma idéia do tamanho, era maior do que um ovo de galinha. Outra coisa me chamou a atenção, o tumor apresentava sinais de chamuscamentos, isto é, pequenas queimaduras, que depois descobri serem o resultado da ação do bisturi elétrico.

Sucesso.
Podemos afirmar que a cirurgia, dentro do possível, foi um sucesso. Apesar de estar com aspecto muito ruim em decorrência do trauma cirúrgico, com hematomas em várias partes da cabeça, no mesmo dia meu pai estava consciente, falando e movimentando normalmente todos os membros. Este fato deixou-nos extremamente a aliviados e felizes, pois a decisão tomada, de operar meu pai em nossa cidade, foi correta e a equipe cirúrgica demonstrou realmente ter a competência que havia afirmado possuir.

Um Acidente
No terceiro dia de hospitalização, dois após a cirurgia, meu pai sofreu um acidente. Durante o banho, quando ele estava sentado em uma cadeira de rodas apropriada para esta atividade, por descuido do enfermeiro, ele caiu e chocou a cabeça violentamente contra a parede. A conseqüência foi um sangramento intracraniano que o levou novamente a sala de cirurgia. Ele teve que ser operado para a drenagem do sangue acumulado. Felizmente o sangramento não ocorreu no local da cirurgia, mas sim nas camadas externas que recobrem os cérebro. Foi resolvido com certa facilidade e, além de quase nos matar de susto, não trouxe piores conseqüência.

1 Comments:

At 15:03, Anonymous Dani said...

Minha sogra tem um tumor localizado no vermis cerebelar, do tamanho de um limão. Disseram que irão colocar uma valvula primeiro, antes da cirurgia.
O problema é que disseram ser uma cirurgia de alto risco por causa da localização.
Você sabe me dar alguma informação sobre esse tipo de tumor?
Obrigada

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Health 
Blog Top Sites Blog Directory